AILTON ELISIÁRIO
Nulla dies sine linea
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
CARTA À MULHER
 
          Nos dias de hoje a Mulher está presente em todos os segmentos da sociedade, tendo a oportunidade de exercer influência em todo contexto. Ocupando cargos, exercendo ofícios, discutindo, decidindo, trabalhando enfim, a Mulher realiza sua missão, que não é mais unicamente a de ser a dona da casa ou a rainha do lar, figura assim endeusada nos tempos idos do romantismo.
            A Mulher hoje é uma mulher de luta permanente, luta pela sua própria sobrevivência, pela sua profissionalização, pela defesa dos filhos e da família. Tem nesse mundo competitivo envidado esforços para superação dos desafios, desempenhado em todos os lugares do mundo funções que por tradição ou por adequação pertencem ao homem, dando sinais de competência e determinação.
     Mas, as agruras da vida não são capazes de lhe tirar a sensibilidade, a compaixão, a ternura, qualidades inerentes à sua personalidade. Permanece ante tudo acreditando por dias melhores, pela transformação do egoísmo humano em solidariedade, no seu mister espiritual de esposa e mãe a bem cuidar do marido, dos filhos, dos animais, das plantas, do lar, como pilar central de sustentação da família.
            Essa Mulher, de variada etnia, idade, crença e cultura, muitas vezes discriminada, desprezada, perseguida, é aquela que sempre está alegre, esperançosa, de braços abertos à vida, consciente de que na família está o grande projeto de amor de Deus. Não importa se é pobre ou rica, urbana ou rural, indígena ou civilizada, culta ou iletrada, ela tenta continuamente abrir passagens, buscando oferecer sua colaboração para que reinem no mundo a paz e a justiça social.
      Ela sabe que sua missão ultrapassa a mera perpetuação da espécie, porque carrega dentro de si mesma o dom de transformar arrogância em humildade, ódio em amor, ignorância em sabedoria, fragilidade em fortaleza. Ela é a Mulher frágil, amorosa, paciente, que se transmuda em autodeterminada, corajosa, confiante, enfrentando riscos e pugnando altaneira e insubmissa pela solução ideal dos problemas, alimentando assim os seus sonhos.
            A Mulher hoje é importante elemento de mudança no mundo. Seus talentos pessoais lhe asseguram esta condição. Ser Mulher hoje é, portanto, assumir com o homem a luta cruel pela vida, pela família, pelos filhos, pela dignidade humana e pela construção de uma sociedade justa. Parabéns à Mulher brasileira, neste Dia Internacional da Mulher.
        
Hoje é o Dia Internacional da Mulher. É um dia simbólico, pensado para exclusivamente homenagear a Mulher, porque dia da Mulher é realmente todo dia do calendário, onde em cada um deles a Mulher luta pela dignificação do seu papel na sociedade.
Ailton Elisiario
Enviado por Ailton Elisiario em 13/03/2020
Comentários