AILTON ELISIÁRIO
Nulla dies sine linea
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
MEUS NOVE LUSTROS MAÇÔNICOS
        Neste dia 17 de dezembro de 2016 celebro 9 lustros de caminhada maçônica. São 45 anos ininterruptos dedicados à Ordem com o mesmo ardor do dia da minha iniciação. Fui iniciado na Loja Simbólica Regeneração Campinense nº 2, Oriente de Campina Grande, filiada à Grande Loja Maçônica do Estado da Paraíba, aonde pude realizar muitos trabalhos até os dias de hoje.
Aquele data de 17 de dezembro de 1971 me fez realmente ressurgir como um homem novo, deixando para traz um homem velho, tal o objetivo da iniciação. Incutido da filosofia e dos princípios da Ordem que já conhecia antes de nela ingressar, pelas leituras feitas sobre ela, passei ao desbaste da pedra bruta depois de ter visto a Luz, iniciando minha trajetória.
Hoje, ao comemorar essa data, quero apenas agradecer. Em primeiro lugar ao Grande Arquiteto do Universo que me concedeu a graça de realizar minha missão. Em seguida aos meus Irmãos Maçons que, no passado e no presente, sempre estiveram ao meu lado, me orientando e dividindo comigo minhas iniciativas. E por fim, aos meus Familiares, que sempre me deram o apoio necessário para persistir e produzir.
Dentre os Irmãos no passado destaco Hermano Regis Navarro, por cujas mãos ingressei na Ordem e a quem pude dedicar meu livro Maçonaria Hiramita, editado pela A Trolha, esta que já havia publicado meu primeiro livro Comentários das Constituições de 1786; Fernando Filogônio do Ó, Venerável Mestre naquela época e a quem vim sucedê-lo no Trono do Rei Salomão da minha Loja; Pedro d’Aragão, Inspetor Litúrgico da Paraíba e a quem tive a honra de sucedê-lo na direção e coordenação geral dos Corpos Filosóficos no Estado por um período de 10 anos; José de Almeida Torreão, Grão Mestre Adjunto que me iniciou e a quem venho agora desempenhar seu cargo na Administração da Grande Loja que se inicia em janeiro de 2017.
        Também os Irmãos José Araújo de Albuquerque, Raimundo Lucena de Sá, Pedro Andrade, José Leite, Severino Gaudêncio de Queiroz, Antonio Rafael de Medeiros, Francisco Bezerra de Araújo Galvão Neto, Ugulino Araújo, Aylton Leitão, José Lopes da Silva, Petrônio Athayde, Osvaldo Veloso, Francisco Edward Aguiar, Ediláudio Luna de Carvalho, Lauro Nobre Mariz, José Amério da Silva e tantos outros, fundando no Estado diversos Corpos Subordinados do Supremo Conselho da Maçonaria do Rito Escocês Antigo e Aceito, todos estes se achando no Oriente Eterno.
        Na atualidade são tantos os Irmãos que caminham comigo, pensando e discutindo nossa Ordem, levando mensagens de estímulos e renovação aos nossos Irmãos, lutando pelos mesmos ideais, que prefiro não nominá-los para evitar cometer injustiça pelo esquecimento, mas pedindo vênia apenas para mencionar alguns deles como representantes desse grupo de obreiros abnegados pela Instituição: Grão Mestre Reinaldo Camilo, Grão Mestre Adjunto Geraldo Palmeira, Past Grão Mestres Arlindo Bonifácio e Marcos Araújo, Past Grão Mestre Adjunto Fabiano do Egito, Veneráveis Mestres Willame Braga, Nivaldo Oliveira, Marcos Bandeira, Márcio Bandeira, João Clementino e Clovis Souza; Mestres Maçons Carlos Porto, José da Guia, Hermes Almeida e Renivaldo Lima.
         No trabalho diuturno de fortalecimento de nossas colunas o estudo da Maçonaria pelos Irmãos é necessário e imprescindível. Daí porque fui fundador em 2003 no Oriente de Campina Grande da Loja de Estudos e Pesquisas Renascença nº 1, a primeira do Estado da Paraíba, cujo quadro acolhe diversos Irmãos pesquisadores da Arte Real. E por esta Loja pude publicar meu livro Fragmentos da História da Ordem DeMolay na Paraíba, além de trabalhos de pesquisa através de seu órgão oficial de comunicação, a Revista O Buscador, da qual sou seu editor e que em 2017 passará a ser publicada também em edição eletrônica. À Loja Regeneração Campinense nº 2, a quem ofereci meu livro Memorial Maçônico de Campina Grande – 8 décadas e mais de Regeneração Campinense, agradeço de igual modo.
        Meus Familiares a partir dos meus saudosos pais João Elisiário e Irene Souza, minha primeira mulher Socorro Andrade que dá nome a Associação das Samaritanas da Loja criada por mim em 1981, minha segunda mulher Socorro Carvalho de igual modo engajada no trabalho filantrópico maçônico, minhas filhas Danielle, Isabelle e Michelle, meus irmãos Hamilton, Adeilson e Vanildes (Teté), meu sobrinho Eduardo Medeiros que exerceu o cargo de Mestre Conselheiro do Capítulo Deus, Pátria e Família da Ordem DeMolay, Ordem de que sou fundador no Estado da Paraíba e Legionário de Honra, todos eles irrestritos colaboradores do meu trabalho maçônico.
        Celebro, pois, minha vida maçônica com muita alegria e com muita esperança de poder continuar fazendo meu trabalho, agora deixando o cargo de Grande Orador da Grande Loja, que exerci por 8 anos, para iniciar o exercício do cargo de Grão Mestre Adjunto. E se consigo celebrar minha vida maçônica é porque todo o meu trabalho é feito com muito amor, porque acredito na Ordem e porque sempre estou acompanhado de denodados Irmãos que me auxiliam neste labor permanente. Portanto, continuarei não prescindindo de todos que fazem parte da minha história. A todos, meu muito obrigado.
Ailton Elisiario
Enviado por Ailton Elisiario em 01/03/2017
Comentários